Pesquisar no site


Contato

Vale Parabrisas

Em Blumenau Rua Pomerode, 3129
Bairro Salto do Norte.

Em Indaial Rod. Augusto Hasse, 875
Bairro Benedito (300 metros após a Villadicasa)

Atendemos a domicilio Blumenau, Indaial, Timbó, Pomerode, Rio dos Cedros, Benedito Novo, Rodeio, e Gaspar.

Agende seus serviços em SERVIÇO MÓVEL.

Matriz Blumenau
(47) 3334-4223
(47) 3334-0092

Filial Indaial
(47) 3378-0212
(47) 99244-0315

WhatsApp
(47) 99244-0315

E-mail: valeparabrisas@hotmail.com

Danos podem ser reparado e evitar ainda mais prejuízo

06/11/2020 20:54

 

Parabrisas Trincado Tem Conserto

Imagine a seguinte situação: você está na estrada e encontra um indesejado caminhão pela frente soltando pedrinhas para todos os lados. De repente, lá vem o prejuízo: parabrisas trincado. Mas, o que os motoristas talvez não saibam é que as causas desse tipo de avaria podem ser muitas.

Porém, na maioria dos casos, o parabrisas pode ser reparado,
dependendo do lugar e da gravidade do acidente.

Ao surgir alguma trinca no parabrisas, em primeiro lugar, o motorista deve proteger o local colando qualquer tipo de adesivo em toda área da trinca, do lado de fora do prabrisa. "As seguradoras costumam fornecer esse tipo de adesivo como brinde, mas se o motorista não tiver, qualquer coisa do tipo serve. Fita crepe, isolante, durex. O importante é que o local fique limpo e sem umidade, evitando que a trinca ou rachadura aumente de tamanho".

Contaminação na área danificada compromete o serviço de reparação do vidro. Após colar o adesivo preventivamente na trinca, o ideal é que o motorista leve o carro o quanto antes para efetuar reparação do parabrisas. Quanto mais rápido for o reparo, maiores serão as chances de o vidro voltar ao seu estado original. A recuperação só é possível quando a trinca acontece na parte externa do parabrisas, que tem o vidro laminado. Trincas nos vidros laterais ou traseiros não podem ser retiradas porque os vidros são temperados. O vidro laminado é mais seguro e trinca em caso de quebra em vez de se estilhaçar como acontece com os vidros temperados, que se transforma em monte de quadradinhos ao sofrer uma fratura mais forte.

Trincas que criam pequenas linhas no vidro como se formasse uma estrela são as mais graves e
devem ser consertadas com urgência por haver maior risco de extensão da rachadura.

Trocar as palhetas do limpador do parabrisas pelo menos uma vez no ano também é importante.
Pois o ressecamento natural da borracha aumenta os ricos de dano ao vidro.


REGRAS

Desde 2006, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê regras para que seja feita a reparação de parabrisas. Pela atual norma, trincas ou rachaduras não podem ser recuperadas se estiverem no campo de visão do motorista, pois gera distorção óptica, e não deve ultrapassar 10 cm de diâmetro. Pela legislação, trafegar com parabrisas trincado nessa área é considerada infração grave, sujeito a multa de R$ 127,69, além de cinco pontos na carteira e retenção do veículo até regularizar o problema.

TÉCNICA

Para recuperar trincas ou rachaduras nos vidros, a técnica normalmente usada pelas empresas consiste em injetar uma resina especial, que em seguida é endurecida ao ser exposta a uma luz ultravioleta se incorporando as moléculas intactas do parabrisas. O tempo do serviço depende do número e do tamanho das trincas, mas geralmente leva-se 30 minutos para restaurar cada um dos danos. A recuperação do parabrisas é sempre mais vantajosa do que a troca.

 Veja fotos de reparos efetuados pela nossa equipe clicando aqui Reparos....